Carlsberg assume o controle da chinesa Chongqing Brewery

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013 16:00 BRST
 

Por Teis Jensen e Adam Jourdan

COPENHAGUE/XANGAI, 5 Dez (Reuters) - A cervejaria dinamarquesa Carlsberg elevou sua participação na China Chongqing Brewery a 60 por cento, reforçando sua posição no maior mercado de cerveja do mundo em volume, com a expectativa de elevar sua participação ainda mais, conforme comunicado divulgado nesta quinta-feira.

A Ásia tornou-se o principal campo de batalha para as quatro maiores cervejarias globais - Carlsberg , AB InBev, SABMiller e Heineken -, que contam com a ascensão da classe média nos mercados emergentes para compensar vendas mais fracas na Europa e nos Estados Unidos.

"Foi essencial para a Carlsberg obter a participação majoritária. Isso torna possível a implementação de suas estratégias de negócio e o aumento da lucratividade", disse o analista Morten Imsgard, do Sydbank.

A Carlsberg, que herdou uma participação na Chongqing Brewery depois de ter comprado a cervejaria britânica Scottish & Newcastle em 2007, elevou sua fatia na companhia em 2010, tornando-se a maior acionista com 29,7 por cento da empresa chinesa.

Nesta quinta-feira, a Carlsberg completou a aquisição de uma fatia adicional de 30,3 por cento, por 2,9 bilhões de iuanes (476 milhões de dólares).

"A Carlsberg espera continuar aumentando sua participação na Chongqing Brewery, e espera que este acordo aprofunde a cooperação mútua entre as duas empresas, elevando o valor da Chongqing Brewery e o retorno para os acionistas", afirmou a companhia em comunicado enviado pela Chongqing Brewery à bolsa de Xangai.