IPO da CVC sai a R$16, abaixo da faixa indicativa

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013 18:53 BRST
 

SÃO PAULO, 5 Dez (Reuters) - A oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) da operadora de turismo CVC movimentou 621 milhões de reais, com cada ação a 16 reais, abaixo da faixa indicativa de 18 a 22 reais fixada pelos coordenadores.

Segundo informações publicadas no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira, foram vendidas 38,8 milhões de ações na operação, que foi retomada pela CVC após a companhia ter suspendido planos de abrir capital no início de 2012.

A empresa é controlada pelo grupo norte-americano de investimentos Carlyle, que comprou 63,6 por cento da companhia em dezembro de 2009. A participação remanescente ficou com o fundador da companhia, Guilherme Paulus. Ambos venderam ações no IPO.

A oferta envolveu apenas a distribuição secundária de papéis, quando os recursos envolvidos vão para os acionistas vendedores, os fundos FIP BTC, FIP GJP e FIP GP.

Fundada em 1972, a companhia apresenta-se como a maior operadora de turismo da América Latina. De janeiro a setembro, a receita líquida da CVC caiu 1,3 por cento sobre igual etapa de 2012, a 457,6 milhões de reais, com o lucro líquido recuando 8,2 por cento, a 71,8 milhões de reais.

A CVC atua em todos os Estados brasileiros e no Distrito Federal, com presença em 288 cidades. Até o fim de setembro, a empresa tinha 750 lojas exclusivas, sendo 717 unidades operadas por franqueados. (Por Marcela Ayres)