Ações asiáticas vacilam em estado de espera antes de dados dos EUA

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013 07:37 BRST
 

Por Wayne Cole

SYDNEY, 6 Dez (Reuters) - As ações asiáticas passaram grande parte do pregão desta sexta-feira em estado de espera, conforme a tensão se elevava antes dos dados de emprego dos Estados Unidos que podem definir uma iminente redução no estímulo norte-americano.

Os custos de empréstimo do governo desde o Japão até a Austrália atingiram novas máximas por causa da agitação de que o Federal Reserve, banco central dos EUA, pode começar a reduzir suas compras mensais de dívida de 85 bilhões de dólares ao mês na reunião de política em 17 e 18 de dezembro.

O índice japonês Nikkei pelo menos conseguiu se sustentar após fortes quedas nos dois dias anteriores. O índice fechou em alta de 0,81 por cento nesta sexta-feira, superando o resto da Ásia.

Às 7h33 (horário de Brasília) o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,15 por cento. A bolsa de Xangai teve queda de 0,44 por cento com a China estabelecendo o iuan em máxima recorde, continuando a lenta apreciação da moeda.

O relatório de empregos dos EUA de novembro pode ser crucial para a decisão de redução do estímulo do Fed, e será divulgado ainda nesta sexta-feira. A mediana das previsões é de que tenha ocorrido criação de 180 mil vagas de trabalho, com a taxa de desemprego em 7,2 por cento.