Governo não pretende concessionar nenhum outro grande aeroporto

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013 12:28 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 6 Dez (Reuters) - O governo federal não pretende concessionar nenhum outro grande aeroporto, afirmou nesta sexta-feira o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, em evento no Rio de Janeiro.

Segundo Moreira Franco, a ideia era inicialmente fazer a concessão dos maiores aeroportos, aumentando a concorrência com a chegada de grandes operadoras.

O governo já concedeu os terminais de Guarulhos, Viracopos, Brasília, Galeão e Confins no modelo pelo qual a estatal Infraero entra como sócia do consórcio responsável por administrar o aeroporto com 49 por cento de participação.

Também foi feito o leilão de um terminal totalmente novo, o de São Gonçalo do Amarante (RN), mas nesse caso a administração é 100 por cento pela iniciativa privada.

Moreira Franco acrescentou que os leilões de aeroportos têm como objetivo levar vantagens de segurança, preço e qualidade de serviço para os passageiros.

"Agora precisamos fazer uma avaliação, medir o impacto dessas concessões que já foram feitas", afirmou o ministro, descartando novos leilões no curto prazo.

(Por Rodrigo Gaier)

 
Passageiros são vistos dentro do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. O governo federal não pretende concessionar nenhum outro grande aeroporto, afirmou nesta sexta-feira o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco, em evento no Rio de Janeiro. 22/11/2013 REUTERS/Ricardo Moraes