OCDE vê melhora no cenário das principais economias

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013 09:30 BRST
 

PARIS, 9 Dez (Reuters) - O cenário para a maioria das principais economias melhorou, com a zona do euro ganhando ímpeto conforme sua crise de dívida se enfraquece, informou a Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta segunda-feira.

A organização, com sede em Paris, informou que seu indicador composto, que contempla 33 países-membros, indicou que a taxa de crescimento retornou para a tendência de longo prazo.

O indicador, que é projetado para sinalizar pontos de inflexão no ciclo econômico, subiu para 100,7 em outubro, ante 100,6 em setembro. Isso o coloca ainda mais acima da média de longo prazo de 100 e atinge o maior nível em mais de dois anos.

A leitura para a zona do euro aumentou para 100,9 ante 100,7 em setembro, o que é um indicativo de "mudança positiva no ímpeto", segundo informou a OCDE em comunicado.

A leitura para a maior potência da região, a Alemanha, subiu para 100,7, ante 100,5. O indicador para a França melhorou para 100,2, ante taxa de tendência de longo prazo de 100,0 em setembro.

A OCDE informou que a economia norte-americana, a maior do mundo, está perto da sua taxa de tendência com leitura estável de 100,8. A economia japonesa ficou acima da velocidade de sua tendência, em 101,3, acima de 101,1 em setembro.