Ação da Braskem despenca com negociação de preço de nafta com Petrobras

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013 11:46 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Braskem confirmou nesta segunda-feira que está negociando com a Petrobras a renovação do contrato de fornecimento de nafta, o que derrubava as ações da maior petroquímica da América Latina apesar da expectativa da empresa de conclusão "positiva" das conversas.

Uma fonte próxima a situação afirmou à Reuters que a estatal tenta repassar custos mais altos com gasolina para a petroquímica, na renovação do contrato que vence no início de 2014.

Segundo a fonte, a Petrobras vem reduzindo a quantidade de nafta que fornece à Braskem a partir de suas refinarias, vendendo à petroquímica mais nafta importada, para assim usar parte da nafta nacional que era antes vendida à Braskem na produção de gasolina.

Cerca de 70 por cento da nafta consumida pela petroquímica é proveniente da Petrobras, sendo o restante importado de países do norte da África, da Argentina, do México e da Venezuela, de acordo com dados no balanço do terceiro trimestre da companhia.

Procurada, a Braskem, maior petroquímica da América Latina, afirmou em nota apenas que "confirma que está em conversas com a Petrobras para a renovação do contrato de nafta e confia na evolução positiva dessa negociação, em benefício de toda a cadeia química".

As ações da Braskem recuavam 5,4 por cento nesta segunda-feira, enquanto o Ibovespa tinha oscilação positiva de 0,34 por cento. Enquanto isso, as ações da Petrobras subiam 0,75 por cento.

Em nota a clientes, analistas do JPMorgan ressaltam que a possível inclusão de custos no contrato entre as empresas seria negativo para a Braskem, elevando os custos de produtos vendidos.

"No caso da Braskem, a nafta corresponde a cerca de 50 por cento dos custos de produtos vendidos da companhia. Já para a Petrobras, a venda de nafta corresponde a apenas 7 por cento do total de produtos de óleo, portanto um aumento iria resultar num ganho marginal de receita", disseram eles.

(Por Roberta Vilas Boas)