Dados chineses alimentam otimismo e ações europeias fecham em alta

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013 15:54 BRST
 

Por Francesco Canepa

LONDRES, 9 Dez (Reuters) - As ações europeias fecharam em leve alta nesta segunda-feira, consolidando ganhos da sessão anterior, após dados de exportação da China darem fôlego à previsão de investidores sobre um crescimento global mais forte.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, avançou 0,16 por cento, para 1.272 pontos.

As exportações chinesas em novembro superaram com ampla margem as projeções e a inesperada queda na inflação ao consumidor aliviou temores de qualquer aperto na política monetária. Isso ajudou a sustentar o rali nas ações globais que foi alimentado por dados melhores do que o esperado sobre o mercado de trabalho norte-americano divulgados na sexta-feira.

"É a primeira recuperação global sincronizada desde 2010", disse o chefe de ações europeias do BlackRock Investment Institute, Nigel Bolton.

"Acreditamos que as bolsas de valores vão continuar a avançar em 2014, mas suspeito que será em ritmo mais lento do que em 2013", emendou.

A ação da companhia de infraestrutura espanhola Ferrovial subiu 3,22 por cento, ampliando os ganhos após anunciar que a subsidiária britânica Amey conquistou um contrato de 130 milhões de libras (213 milhões de dólares) de cinco anos para realizar a manutenção de 10 mil quilômetros de estradas na Grã-Bretanha.

Já o papel da Tullow Oil ignorou a tendência de ganhos, recuando 3,33 por cento, após informar que a unidade de Tultule, na Etiópia, não foi capaz de encontrar petróleo.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,11 por cento, a 6.5598pontos.   Continuação...