Fed pode fazer corte "pequeno" em QE3 para reconhecer ganhos no emprego, diz Bullard

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013 16:21 BRST
 

9 Dez (Reuters) - Melhoras no mercado de trabalho dos Estados Unidos tornam mais prováveis reduções ao estímulo monetário do Federal Reserve, disse nesta segunda-feira o presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, sugerindo que o banco central norte-americano pode começar com calma e reavaliar o ritmo no primeiro semestre de 2014.

A ampla expectativa é que o Fed, que se reunirá para decidir sobre a política monetária na semana que vem, adie cortes ao programa de compra de títulos para o próximo ano.

Bullard afirmou, sem especificamente fazer referência à reunião de 17 e 18 de dezembro, que "a probaibilidade de redução no ritmo de aquisição de ativos aumentou".