Moagem de cana no CS recua por chuvas; produção de açúcar cai

terça-feira, 10 de dezembro de 2013 13:17 BRST
 

SÃO PAULO, 10 Dez (Reuters) - A moagem de cana no centro-sul do Brasil totalizou 25,77 milhões de toneladas na segunda quinzena de novembro, queda de 20 por cento ante a quinzena anterior, por conta de chuvas que afetaram a operação em algumas regiões, disse a associação que reúne a indústria nesta terça-feira.

"A queda na moagem observada na segunda quinzena de novembro se deve à chuva que dificultou a colheita em algumas regiões e, principalmente, ao encerramento da moagem de várias unidades produtoras", disse em nota o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues.

Segundo a Unica, até o final de novembro de 2013 aproximadamente 75 usinas haviam encerrado suas atividades, ante 94 em igual período de 2012 e bem inferior às 246 unidades que concluíram a safra no mesmo estágio do ciclo 2011/12.

A Unica reiterou que a safra deve terminar mais tarde para boa parte das empresas nesta temporada em função destas interrupções.

A produção de açúcar na quinzena recuou 27 por cento na segunda quinzena de novembro, para 1,44 milhão de toneladas, em relação aos primeiros quinze dias de novembro.

A retração na produção de açúcar é normal neste período de encerramento da safra, mas o recuo superou a expectativa da indústria.

Do total de cana moída na segunda metade de novembro, apenas 44 por cento foram destinados para a produção de açúcar, contra 50 por cento em igual período do ano passado.

"Isso se deve à antecipação de produção observada nas últimas quinzenas, à expectativa de demanda menos aquecida no mercado físico e à melhoria na remuneração do etanol vendido no mercado interno", esclareceu o executivo.

A produção de etanol somou 1,12 bilhão de litros na segunda quinzena de novembro, alta de 1,38 por cento ante igual período do ano passado. Mas a chuva também afetou a operação com etanol, com o volume da última quinzena ficando menor ante os primeiros quinze dias de novembro.   Continuação...

 
Trabalhadores colhem cana em uma fazenda em Maringá. A moagem de cana no centro-sul do Brasil totalizou 25,77 milhões de toneladas na segunda quinzena de novembro, queda de 20 por cento ante a quinzena anterior, por conta de chuvas que afetaram a operação em algumas regiões, disse a associação que reúne a indústria nesta terça-feira. 13/05/2011 REUTERS/Rodolfo Buhrer/La Imagem