Ações dos EUA fecham em queda após recorde, de olho no Fed

terça-feira, 10 de dezembro de 2013 20:06 BRST
 

Por Rodrigo Campos

NOVA YORK, 10 Dez (Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam em queda nesta terça-feira, um dia após o Standard & Poor's 500 encerrar na máxima histórica, com operadores de olho na reunião do Federal Reserve da próxima semana, na ausência de dados econômicos que pudessem mover o mercado.

O índice Dow Jones recuou 0,33 por cento, para 15.973 pontos. O índice Standard & Poor's 500 cedeu 0,32 por cento, para 1.802 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,20 por cento, para 4.060 pontos.

Ações ligadas ao setor de saúde figuraram entre as mais ativas após notícias sobre as empresas, enquanto o setor de serviços públicos registrou o pior desempenho entre os 10 grupos industriais do S&P 500.

O S&P 500 fechou acima de importantes níveis técnicos, incluindo a média móvel de 14 dias, e o volume ficou abaixo de média mesmo para um mês tipicamente árido.

"É um pouco de consolidação após o avanço para novas máximas. Não há motivo para acreditar que é algo diferente disso", disse o chefe de alocação de ativos do ING Investment Management, Paul Zemsky.

Alguns integrantes do Fed sugeriram na segunda-feira que o banco central norte-americano pode estar mais perto do que se esperava de começar a reduzir o programa de compra de títulos, atualmente em 85 bilhões de dólares ao mês.

Mas dados econômicos fortes recentes, incluindo queda na taxa de desemprego, ajudaram a aliviar a ansiedade de investidores sobre a perspectiva de corte no estímulo do Fed.

"A política monetária reage a mudanças na economia e contanto que a economia esteja melhor, não deve ser difícil aguentar", afirmou o estrategista de mercado do Stifel, Nicolaus & Co, Kevin Caron.

O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) reúne-se novamente nas terça e quarta-feiras da próxima semana.