CORREÇÃO-Hyundai não defenderá participação na Europa a qualquer custo

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013 07:23 BRST
 

(Corrige ano no último parágrado para 2014 e não 2017)

FRANKFURT (Reuters) - A montadora sul-coreana Hyundai procurará se expandir na Europa, mas não buscará manter sua participação de mercado a todo custo, afirmou Allan Rushforth, vice-presidente de operações da Hyundai Motor Europe, nesta terça-feira.

A montadora, que tem unidades de produção e desenvolvimento na Alemanha, República Tcheca e Turquia, possui atualmente uma fatia de 3,5 por cento do mercado europeu.

"Nosso principal objetivo é continuar melhorando a qualidade das nossas operações, mesmo que isso signifique que não sejamos capazes de sustentar a nossa participação de mercado", disse Rushforth em uma coletiva de imprensa, nos arredores de Frankfurt.

A abordagem cautelosa da Hyundai em sua expansão europeia vem à tona poucos dias depois da rival General Motors, dos Estados Unidos, ter anunciado que vai abandonar a marca Chevrolet na Europa até o final de 2015.

A Hyundai espera crescer em linha com a previsão de recuperação de 3 por cento para o próximo ano, disse Rushforth, acrescentando que a empresa lançará 22 novos produtos nos próximos quatro anos, muitos dos quais são destinados ao segmento compacto.

A partir de 2014, 90 por cento dos carros da montadora colocados à venda na Europa terão sido fabricados na região, e cerca de 70 por cento dos componentes terão sido produzidos no continente.