China planeja índice diário de preço de minério de ferro em 2014

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013 07:25 BRST
 

XANGAI, 11 Dez (Reuters) - A China planeja publicar um índice diário de preços de minério de ferro a partir do próximo ano, afirmou um representante do setor, no que pode marcar o mais recente esforço do maior importador mundial da commodity de aumentar seu poder de negociação sobre a matéria-prima do aço.

O índice vem enquanto a China lança uma série de contratos futuros desde minério de ferro a ovos, ampliando esforços para mudar referenciais de preços do Ocidente para o Oriente.

A Associação de Ferro e Aço da China (Cisa) espera publicar o índice diário em 2014, afirmou um representante da entidade que pediu para não ser identificado.

A Cisa tem publicado um índice semanal de preços desde 2011, mas não obteve adesão uma vez que usinas siderúrgicas, operadores e mineradoras preferem índices fornecidos por companhias como Platts e Metal Bulletin.

O minério de ferro é a commodity mais importada pela China em volume e como o país gasta anualmente quase 100 bilhões de dólares do produto quer ter certeza que paga um preço justo. O governo chinês no passado acusou as grandes mineradoras de atrasarem entregas e segurarem estoques para inflacionar os índices publicados pelos fornecedores de dados como a Platts, usados como referências para precificação dos embarques.

Em outubro, a China lançou o primeiro mercado global de futuros de minério de ferro referenciado em entregas físicas, na tentativa de ampliar seu poder de preço e fornecer aos compradores domésticos mais ferramentas de proteção.

As importações de minério de ferro da China devem bater recorde neste ano. As entregas de janeiro a novembro subiram 11 por cento, para 746,1 milhões de toneladas ante o mesmo período do ano passado.

(Por Ruby Lian e David Stanway)