Unidade de armazenagem da Sinopec dobrará capacidade fora da China até 2020

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013 08:31 BRST
 

CINGAPURA, 11 Dez (Reuters) - A unidade de armazenagem da maior refinaria da Ásia, a Sinopec Corp, planeja dobrar sua capacidade de estocagem fora da China até 2020, disse um executivo sênior da companhia.

A Sinopec Kantons Holdings voltou sua atenção para a África e a América do Sul e do Norte para dobrar sua capacidade dos mais de 5 milhões de metros cúbicos previstos para 2016, disse Xu Ruiqing, diretor-executivo comercial da Sinopec Kantons.

"Hoje não há um grande terminal de petróleo no oeste da África embora (a região) seja uma grande produtora e exportadora de petróleo", disse ele às margens de uma conferência sobre armazenagem nesta quarta-feira.

"Outras regiões como o Brasil e a Argentina também estão exportando petróleo e pode haver um aumento da produção, portanto algum lugar entre a América do Norte e a América do Sul pode ser uma localização estratégica. Estamos basicamente olhando para regiões onde há um negócio ativo de comércio".

A companhia está hoje na fase de projeto e pré-engenharia da construção de um terminal de armazenagem de 2,6 milhões de metros cúbicos na zona de livre comércio de Batam, na Indonésia. O terminal deve entrar em operação em meados de 2016.

A companhia atualmente não tem planos de construir mais armazenagem na Ásia ou na Europa, disse Xu.

(Por Jessica Jaganathan)