Duto para aliviar abastecimento no Sul estará a plena carga na quinta--ANP

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013 14:49 BRST
 

BRASÍLIA, 11 Dez (Reuters) - A utilização de um duto de petróleo para transporte de diesel importado, com o objetivo de aliviar o abastecimento no Sul do país após um incêndio em uma refinaria da Petrobras, deverá ser realizada a plena carga a partir de quinta-feira, reiterou nesta quarta-feira a diretora-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Magda Chambriard havia dito na terça-feira, em entrevista à Reuters, que o duto estaria funcionando na quinta-feira, com o objetivo de evitar problemas de abastecimento após o incêndio na Repar, ao final de novembro.

"O que fizemos anteontem foi autorizar o uso de um duto que transporta óleo cru para que ele desloque diesel, para viabilizar essa importação, e que esse diesel chegue ao mercado com mais agilidade...", disse a diretora-geral a jornalistas, após audiência pública na Câmara nesta quarta-feira.

"A expectativa é que esse duto esteja funcionando a plena carga até amanhã (quinta-feira)."

Ela disse que a Petrobras deverá importar um pouco mais de diesel, por conta do incêndio na Repar, no Paraná, mas não fez projeções.

Diante da forte demanda por combustíveis no país, antes mesmo do incidente da refinaria, a Petrobras já importava grandes volumes de diesel, o que tem tido impacto nas contas da estatal.

A oferta de diesel está sendo controlada no Sul do país, com distribuidores tentando comprar mais combustível devido à paralisação da refinaria Repar. Com o funcionamento do duto, a expectativa é de normalização do mercado, disse Magda.

(Por Nestor Rabello)