Governo vai aumentar fiscalização sobre ALL

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013 18:37 BRST
 

BRASÍLIA, 11 Dez (Reuters) - A concessionária de transporte ferroviário de cargas ALL não vem atendendo necessidades de manutenção preventiva de vias e o governo federal vai aumentar a fiscalização sobre a companhia e requerer a apresentação de um plano para termo de ajuste de conduta, disse nesta quarta-feira o ministro dos Transportes, César Borges.

"A ALL não tem feito investimentos. Vamos aumentar a fiscalização. Ela vai apresentar um plano para um Termo de Ajuste de Conduta (TAC)", disse o ministro, responder a perguntas de um deputado sobre o descarrilamento de um trem da ALL na região de São José do Rio Preto (SP) no fim de novembro.

Segundo Borges, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) tem informações iniciais de que a composição acidentada estava a uma velocidade superior aos 25 quilômetros por hora permitidos no trecho.

Em nota, a ALL afirmou que a condição de manutenção da linha onde ocorreu o acidente "é adequada às normas de segurança estabelecidas e compatível com a velocidade em que o trem estava circulando" e que investiga as causas do ocorrido.

Segundo a companhia, investimentos de mais de 1,8 bilhão de reais na recuperação da malha permitiram que a empresa reduzisse em até 80 por cento o índice de acidentes desde 2006.

A ação da companhia caiu 2,6 por cento nesta quarta-feira. O ibovespa recuou 1,81 por cento. (Por Leonardo Goy)