Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA sobem e revertem quedas anteriores

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013 11:43 BRST
 

WASHINGTON, 12 Dez (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego teve forte alta na semana passada, revertendo as três semanas anteriores de queda, mas o fortalecimento recente do mercado de trabalho deve permanecer intacto.

Os pedidos iniciais subiram em 68 mil, para 368 mil segundo dados ajustados sazonalmente, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Foi o maior aumento semanal desde novembro de 2012. Os pedidos da semana anterior foram revisados para mostrar 2 mil pedidos a mais do que reportado inicialmente.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que os pedidos subissem para 320 mil na semana passada.

A média móvel de quatro semanas para os novos pedidos, que elimina a volatilidade semanal, subiu em 6 mil, para 328.750.

Os pedidos de auxílio-desemprego caíram durante a maior parte de novembro.

O mercado de trabalho está se fortalecendo, com os dados de emprego fora do setor agrícola apresentando um crescimento sólido em outubro e novembro. A taxa de desemprego caiu para mínima em cinco anos de 7 por cento em novembro.

(Reportagem de Lucia Mutikani)