Conselho da Ford quer definição dos planos de Mulally

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013 11:54 BRST
 

DETROIT/NOVA YORK, 12 Dez (Reuters) - O Conselho de Administração da Ford planeja pressionar o presidente-executivo Alan Mulally por uma decisão sobre seu futuro, conforme aumenta a especulação a respeito da possibilidade de que receba uma oferta para o cargo de presidente-executivo na Microsoft.

Mulally, de 68 anos, é um dos poucos candidatos ainda na disputa para o cargo na Microsoft, de acordo com várias fontes próximas da gigante de tecnologia, e ele não tentou desmentir as conversas de que teria interesse no cargo.

Isso começou a aborrecer alguns conselheiros da Ford, duas fontes disseram à Reuters nesta semana, e a questão será discutida quando o Conselho se reunir na região de Detroit na quinta-feira.

Mulally é um membro do Conselho, mas não está claro se ele estará presente na reunião. As fontes disseram que os conselheiros tinham a intenção de levantar a questão com o executivo nesta semana ou na próxima.

"Isso está ofuscando o resto da história", disse uma fonte próxima ao Conselho da Ford. "As pessoas não estão escrevendo sobre o Mustang, sobre os lucros, elas estão escrevendo sobre Mulally".

O fato teria causado frustração e um desejo por clareza, afirmou a fonte.

A Microsoft não quis comentar sobre o andamento de sua busca por um presidente-executivo. Já um porta-voz da Ford repetiu declarações anteriores de que a previsão é que Mulally permaneça no cargo até 2014, embora fontes tenham dito em setembro que o Conselho estaria aberto à saída antecipada do executivo.

(Por Deepa Seetharaman, Bernie Woodall, Nadia Damouni e Bill Rigby)