Presidente da VW nos EUA deixa companhia; Michael Horn será substituto

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013 16:04 BRST
 

DETROIT, 12 Dez (Reuters) - O presidente da Volkswagen Jonathan Browning deixou a companhia por motivos pessoais e será substituído por Michael Horn, de 51 anos, anunciou a companhia nesta quinta-feira.

Browning, ex-executivo da General Motors Co e da Ford Motor Co, estava na VW desde 2010. A companhia disse que Browning retornará à Grã-Bretanha, sua terra natal.

Horn, um alemão, está desde 2009 na liderança da área de vendas globais da Volkswagen, que inclui peças e serviços nas concessionárias VW. A nomeação de Horn torna-se efetiva a partir de 1o de janeiro.

Desde 2010 a Volkswagen duplicou suas vendas nos Estados Unidos enquanto tenta se transformar na maior montadora daquele mercado. Antes de as montadoras japonesas superarem a VW nos anos 1970, a Volkswagen liderava as vendas de carros importados nos Estados Unidos.

Mas neste ano, a Volkswagen viu suas vendas caírem 5 por cento nos Estados Unidos.

(Por Bernie Woodall)