Ações europeias fecham em queda por temores sobre o Fed

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013 16:37 BRST
 

PARIS, 12 Dez (Reuters) - As bolsas europeias fecharam em queda nesta quinta-feira, ampliando o movimento de duas semanas de vendas generalizadas, com investidores embolsando lucros de olho na possibilidade de o Federal Reserve, banco central norte-americano, começar a desacelerar o programa de estímulo em breve.

O FTSEurofirst 300 recuou 0,93 por cento, para 1.244 pontos, nível não visto desde meados de outubro.

O índice de referência --que acumulava alta de 15 por cento no ano até o fim de novembro-- já tem queda de 4,5 por cento desde então, a maior em seis meses.

As ações européias reduziram as suas perdas na segunda parte do pregão após dados mostrarem que mais norte-americanos solicitaram auxílio-desemprego na semana passada, revertendo três semanas de quedas.

"Os dados são bastante suaves, mas não acho que isso realmente muda o panorama geral, após a série de dados muito fortes, como o PIB", disse operador do Saxo Bank, Andrea Tueni. "O acordo sobre o orçamento nos EUA também removeu um obstáculo para o Fed, que provavelmente vai anunciar alguma coisa na próxima semana."

O acordo provisório orçamentário em Washington nesta semana provocou especulações de que o Fed poderia começar a reduzir o programa de compra de títulos já na próxima semana.

O sentimento dos investidores também foi ferido na quinta-feira por dados que mostraram que a produção industrial na zona do euro caiu para a pior taxa mensal em mais de um ano, em outubro, sinal de que a recuperação da região permanece frágil.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,96 por cento, a 6.445 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,66 por cento, para 9.017 pontos.   Continuação...