Via Varejo tem 2a maior oferta do ano; units ficam abaixo do estimado

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013 21:23 BRST
 

Por Marcela Ayres e Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO, 12 Dez (Reuters) - A oferta secundária de units da Via Varejo, unidade de eletroeletrônicos e móveis do Grupo Pão de Açúcar, movimentou 2,845 bilhões de reais, na segunda maior transação do mercado acionário brasileiro em 2013.

Apesar do volume da operação ter perdido apenas para os 11,5 bilhões de reais captados pela BB Seguridade na sua abertura de capital em abril, as units da oferta foram precificadas a 23 reais, abaixo da faixa de 25,60 a 33,60 reais fixada pelos coordenadores.

Segundo uma fonte com conhecimento direto do assunto, a demanda superou a oferta em até 2,5 vezes com o ativo a esse preço. Acima deste patamar, porém, a procura foi reduzida substancialmente, apontando apetite dos investidores apenas mediante um desconto sobre o piso da faixa indicativa.

Foram vendidas todas as 107,6 milhões de units da oferta base, além das 16,1 milhões de units do lote suplementar, conforme informações publicadas no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta quinta-feira.

Segundo a fonte, que falou sob condição de anonimato, até 60 por cento da demanda pelos papéis veio de investidores domésticos. A operação ainda tem 21,5 milhões de units em lote adicional --cada unit contém uma ação ordinária e duas ações preferenciais.

Os recursos levantados vão para os acionistas vendedores, numa operação estruturada para saída parcial da família Klein da empresa. O Grupo Pão de Açúcar, controlador da varejista, se desfez de uma fatia menor mantida na companhia.

Formada pela união entre Ponto Frio, do GPA, e Casas Bahia, da família Klein, a Via Varejo também administra a bandeira Nova Pontocom, de comércio eletrônico.

A associação entre os Klein e os Diniz, então controladores do Pão de Açúcar, foi marcada por divergências desde o início: pouco após o negócio ser anunciado, no fim de 2009, os Klein paralisaram a transação pleiteando condições mais favoráveis.   Continuação...