Clima favorece plantio de grãos de inverno no Mar Negro

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013 15:26 BRST
 

MOSCOU/KIEV, 13 Dez (Reuters) - As condições meteorológicas até o momento nesta temporada têm favorecido o plantio dos grãos de inverno na Rússia e na Ucrânia, aumentando a possibilidade de uma boa colheita em 2014, apesar da diminuição da área semeada e do plantio tardio, disseram autoridades.

Um outono chuvoso atrasou o plantio russo e ucraniano, dois dos principais exportadores de grãos do Mar Negro para o Norte da África e o Oriente Médio, mas temperaturas anormalmente altas nos meses de outubro e novembro estenderam a temporada.

"A situação é melhor do que no ano passado", disse o chefe do centro russo de meteorologia Hydrometcentre, Roman Vilfand, a repórteres nesta sexta-feira. "Em algumas regiões, o plantio começou muito tarde, mas graças ao clima quente, o momento ideal não foi perdido."

A Rússia semeou 14,7 milhões de hectares de grãos de inverno, ou 90 por cento da área planejada, ante 15,8 milhões de hectares no ano anterior, mostraram dados do Ministério da Agricultura.

A Ucrânia semeou 7,7 milhões de hectares com grãos de inverno, ou 95 por cento da área prevista, ante 8,1 milhões de hectares no ano passado, disse que o Ministério da agricultura do país.

"As condições agrometeorológicas (na Ucrânia) foram significativamente melhores para os grãos de inverno neste ano", acrescentou a autoridade em um comunicado.

(Reportagem de Polina Devitt)