S&P rebaixa classificação de risco da Venezuela para "B-"

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013 17:18 BRST
 

13 Dez (Reuters) - A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou nesta sexta-feira o rating da Venezuela para "B-", ante "B", citando a expectativa de políticas econômicas mais "erráticas" e redução das reservas internacionais, que deixará o país mais sensível aos preços de petróleo.

"O rebaixamento é baseado na crescente radicalização da política econômica ao longo dos últimos dois meses no contexto de declínio sustentado nas reservas internacionais e níveis continuamente elevados de polarização política", informou a S&P em comunicado.

A maior dependência de petróleo tornará o país-membro da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) mais vulnerável a choques externos, disse a agência.

A perspectiva para o rating continua negativa, informou a S&P, acrescentando que isso reflete "a possibilidade de que a sustentada polarização política e as crescentes distorções econômicas --particularmente as reservas internacionais mais baixas-- possam aumentar os riscos de default do governo ao longo dos próximos dois anos".

(Reportagem de Daniel Bases e Pam Niimi)