Trabalhadores decidem parar produção de duas refinarias na França

domingo, 15 de dezembro de 2013 13:15 BRST
 

PARIS, 15 Dez (Reuters) - Trabalhadores em greve decidiram encerrar as atividades de duas refinarias da petroleira Total, na França, em meio a reinvidicações por aumentos salariais.

Trabalhadores em cinco refinarias da Total entraram em greve na sexta-feira depois que os sindicatos que os representam rejeitaram uma oferta da empresa com aumentos salariais anuais de até 1,5 por cento.

Os funcionários de uma unidade de refino responsável por 119 mil barris por dia, no Norte da França, deram ordens para parar a produção e estavam negociando a sequência do desligamento com sua gerência, disse um líder dos trabalhadores.

Outra refinaria, perto de Marselha, com capacidade para 155 mil barris diários, também deverá ser interrompida, na segunda-feira, disse o sindicalista Thierry Defresne.

"A produção será interrompida na segunda-feira e leva pelo menos cinco dias para ser reiniciada".

(Reportagem de Nicholas Vinocu)