Economistas reduzem estimativas de crescimento para 2013 e 2014

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 08:40 BRST
 

SÃO PAULO, 16 Dez (Reuters) - Economistas de instituições financeiras reduziram as perspectivas para o crescimento econômico deste e do próximo ano, deixando inalterada a projeção para a Selic em 10,5 por cento em 2014, de acordo com a pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira.

Os economistas mantiveram a projeção para o IPCA neste ano a 5,70 por cento e a perspectiva para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2013 foi reduzida a 2,30 por cento, ante 2,35 por cento na semana anterior. Para 2014, a estimativa caiu para 2,01 por cento, ante 2,10 por cento.

(Reportagem de Tiago Pariz)