Vodafone é alvo de ação de 250 milhões de euros na Grécia, diz FT

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 10:52 BRST
 

16 Dez (Reuters) - A Vodafone foi notificada de uma ação judicial de 250 milhões de euros (343,26 milhões de dólares) por ter supostamente violado seus contratos e causado prejuízos a um parceiro varejista grego, relatou o Financial Times no final do domingo.

O FT, citando documentos que teria visto, disse que a Vodafone Grécia recebeu, na semana passada, detalhes de uma ação cível da MTS, uma varejista de telecomunicações locais que vende contratos e serviços da Vodafone no país.

A MTS, na qual o grupo de telecomunicações britânico detém uma fatia de 40 por cento, alegou que a Vodafone restringiu sua capacidade de operar por meio do cancelamento de uma reestruturação de empréstimo e a rescisão de um acordo de cooperação que envolvia serviços de manutenção e contratos de empréstimo, disse o Financial Times.

A MTS também alegou que foi impedida de abrir capital na bolsa de valores em Atenas pela Vodafone, que teria se aproveitado da dependência econômica da MTS.

"As reinvindicações não têm mérito e os alegados prejuízos são completamente imaginários. A Vodafone se defenderá vigorosamente", disse a Vodafone ao Financial Times.

A MTS e a Vodafone não puderam ser contatados pela Reuters para comentar o caso fora do horário comercial normal.

(Por Richa Naidu)

 
Sede da Vodafone em Duesseldorf, na Alemanha. A Vodafone foi notificada de uma ação judicial de 250 milhões de euros (343,26 milhões de dólares) por ter supostamente violado seus contratos e causado prejuízos a um parceiro varejista grego, relatou o Financial Times no final do domingo. 12/09/2013. REUTERS/Ina Fassbender