Movimento de alta do etanol perde força com vendas por usinas--Cepea

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 15:56 BRST
 

SÃO PAULO, 16 Dez (Reuters) - O ritmo de alta nos preços do etanol desacelerou na última semana, com algumas usinas precisando "fazer caixa" ou abrir espaço para estocagem aumentando a oferta da commodity, avaliou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) nesta segunda-feira.

Do lado da demanda, as distribuidoras mantêm suas compras no spot de forma pontual, acrescentou a entidade.

Com tal cenário, o indicador diário do etanol hidratado posto Paulínia ESALQ/BM&FBovespa fechou sexta-feira a 1.232 reais por metro cúbico, queda de 0,3 por cento ante a semana anterior.

Entre 9 e 13 de dezembro, o Indicador CEPEA/ESALQ (Estado de São Paulo) do hidratado fechou a 1,2944 real por litro, alta de 0,7 por cento em relação à semana anterior. O percentual, porém, é menor que a alta de 3,4 por cento apurada ao final da semana em 6 de dezembro.

Para o anidro, a média da semana passada, de 1,4574 real por litro, alta de 1,5 por cento ante a semana anterior. O ritmo também foi menor que os 3,2 por cento de alta apurados ao final da semana passada.

(Por Laiz de Souza)