MT eleva previsão de safra 13/14 de algodão; área cresce 28,7%--Imea

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013 20:10 BRST
 

SÃO PAULO, 16 Dez (Reuters) - O Mato Grosso, principal produtor de algodão do Brasil, vai semear 582 mil hectares na temporada 2013/14, crescimento de 28,7 por cento na comparação com a safra passada, previu nesta segunda-feira o instituto que reúne os agricultores no Estado(Imea).

O instituto elevou ligeiramente a sua previsão nesta segunda-feira, num momento em que o plantio no Estado está em fase inicial. Anteriormente, a estimativa apontava uma área de 581 mil hectares.

O plantio cresce expressivamente de uma temporada para a outra em função de muitos produtores estarem preferindo o algodão ao milho na segunda safra, prevendo melhor remuneração com a pluma.

"O que contribuiu para isso foi a situação desfavorável do mercado de milho, produtores que possuem know-how com algodão ou têm em sua região acesso à tecnologia da cultura optaram por substituir parte do milho pela fibra, afirmou o Imea.

Em condições normais de clima, a safra de Mato Grosso deve atingir 835 mil toneladas, contra 687 mil toneladas da temporada passada.

Muitos cotonicultores iniciam o plantio esta semana, com a intenção de semear o algodão primeira safra que deve chegar a 191 mil hectares. "A segunda safra ganhou mais representatividade, chegando a 391 mil hectares, o que deixa a distribuição entre 1ª e 2ª safra em 33,4 por cento e 66,6 por cento, respectivamente..."

O plantio de algodão em Mato Grosso atingiu 2,7 por cento da área prevista para a atual temporada até a última sexta-feira, segundo acompanhamento do Imea.

No mesmo período do ano passado, haviam sido cultivados 4,4 por cento da área total estimada com a pluma no Estado.

Na semana, houve um avanço 2,3 ponto percentual.   Continuação...