Ifo reduz expectativa de crescimento da Alemanha em 2013 para 0,4%

terça-feira, 17 de dezembro de 2013 09:48 BRST
 

BERLIM, 17 Dez (Reuters) - A economia alemã irá crescer de forma modesta neste ano antes de acelerar o ritmo em 2014 graças à melhora do ambiente econômico global e a condições internas favoráveis, informou o instituto econômico Ifo nesta terça-feira.

O instituto com sede em Munique reduziu sua projeção de crescimento em 2013 para 0,4 por cento ante estimativa anterior de 0,6 por cento, mas manteve a previsão de que a maior economia da Europa irá crescer 1,9 por cento no próximo ano.

O Ifo disse que a incerteza entre as empresas está diminuindo enquanto os investidores ainda estão vendo a Alemanha como uma opção segura e as perspectivas de renda são boas para as famílias, o que significa que a demanda doméstica deve conduzir o crescimento no próximo ano.

O Ifo também estimou que o atual superávit de conta corrente da Alemanha irá crescer para 7,3 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) no próximo ano, ante estimativa de 7,1 por cento para este ano --bem acima do limiar de 6 por cento que a Comissão Europeia considera excessivo.

A Alemanha tem sido criticado por basear de modo muito intenso sua economia no comércio exterior e por registrar elevados superávits comercial e de conta corrente em um momento em que a economia da zona do euro necessita de suporte.

(Reportagem da Redação de Berlim)