December 17, 2013 / 12:27 PM / 4 years ago

Índice ZEW de confiança alemã atinge máxima desde abril de 2006

3 Min, DE LEITURA

Por Sakari Suoninen e Eva Taylor

MANNHEIM, Alemanha, 17 Dez (Reuters) - A confiança do analista e do investidor da Alemanha aumentou bem mais que o esperado em dezembro, alcançando o maior nível em quase oito anos e sugerindo que o crescimento na maior economia da Europa irá acelerar no próximo ano.

O índice mensal de confiança econômica do instituto de pesquisa ZEW, divulgado nesta terça-feira, saltou para 62,0 ante 54,6 em novembro.

O resultado ficou bem acima da expectativa em pesquisa da Reuters junto a analistas de aumento para 55,0. Economistas do ZEW citaram a melhora da perspectiva para a economia norte-americana como um importante fator.

"Os atuais indicadores da Alemanha apontam para um crescimento decente no próximo ano e o aumento no índice ZEW certamente se encaixa neste cenário", disse Thomas Gitzel, do VP Bank.

"Crescimento de 2 por cento parece realista para o próximo ano --até os pessimistas estão gradualmente tendo que reconhecer isso".

Outros indicadores de confiança recentes também foram otimistas, com pesquisas mostrando a confiança empresarial no nível mais forte em 1 ano e meio e a confiança entre consumidores em máxima de seis anos.

Ainda nesta terça-feira, o instituto alemão Ifo informou que seu índice de clima empresarial aponta para crescimento econômico mais rápido no próximo ano. A expectativa é de que o índice Ifo para dezembro, que será divulgado na quarta-feira, deve aumentar.

A economia da Alemanha desacelerou em 2012 e no início de 2013 depois de avançar durante os primeiros anos da crise da zona do euro, mas recuperou-se no segundo trimestre. O crescimento foi mais lento mas ainda sólido no terceiro trimestre e economistas esperam um resultado similar para os três últimos meses do ano.

O presidente do ZEW, Clemens Fuest, também disse que os participantes da pesquisa estão bem otimistas quanto ao próximo ano: "Apesar dos dados econômicos recentes desanimadores, os especialistas do mercado financeiro esperam que o desenvolvimento econômico na Alemanha e na zona do euro melhore mais em 2014".

O índice foi baseado em pesquisa com 252 analistas e investidores e realizada entre 2 e 16 de dezembro, segundo o ZEW.

Uma medida separada das condições atuais subiu para 32,4, ante 28,7. A previsão era de leitura de 30,0.

Reportagem de Sakari Suoninen e Eva Taylor

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below