17 de Dezembro de 2013 / às 23:38 / em 4 anos

Braskem compra Solvay Indupa em negócio de quase US$300 mi

Por Cesar Bianconi e Juliana Schincariol

SÃO PAULO, 17 Dez (Reuters) - A Braskem, maior produtora de resinas plásticas das Américas, confirmou nesta terça-feira a compra da produtora de PVC e soda Solvay Indupa, um negócio estimado em quase 300 milhões de dólares que reforça sua posição no mercado de vinílicos no Brasil e na Argentina.

A aquisição --que marca a entrada industrial da Braskem na Argentina, onde já atua comercialmente há mais de duas décadas-- foi antecipada pela Reuters mais cedo por uma fonte a par do assunto.

Com a aquisição, a Braskem quase dobra sua capacidade de produção de PVC, com adição de 540 mil toneladas, para 1,25 milhão de toneladas anuais. Já a capacidade de produção de soda aumentará em 350 mil toneladas, para 890 mil toneladas por ano.

A Solvay Indupa tem duas unidades industriais integradas próximas a grandes mercados consumidores, uma em Santo André, na região metropolitana de São Paulo, e outra em Bahía Blanca, na Província de Buenos Aires.

“Esta operação é importante pela liderança que a Braskem assume nos mercados de PVC na América Latina”, disse o presidente da companhia, Carlos Fadigas, a jornalistas em teleconferência nesta terça-feira.

A Braskem assinou contrato para comprar 70,59 por cento do capital da Solvay Indupa que pertence à Solvay Argentina, esta última do grupo belga Solvay, segundo fato relevante.

A petroquímica brasileira lançará uma oferta pública de aquisição (OPA) por 29,41 por cento das ações da Solvay Indupa negociadas na bolsa de valores de Buenos Aires.

O preço por ação estipulado na OPA ainda depende da regulação argentina, informou o presidente da Braskem.

O valor atribuído a 100 por cento do capital da Solvay Indupa foi de 290 milhões de dólares.

“A aquisição vai ser associada à assunção de dívidas da Solvay e uma parte bem pequena de caixa”, afirmou o vice-presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores da Braskem, Mario Augusto da Silva.

A Solvay Indupa tem faturamento anual de 750 milhões de dólares, que se somará ao faturamento da Braskem, uma vez que a aquisição --que ainda precisa ser analisada pelos órgãos antitruste e do mercado de capitais-- seja concluída, disse Fadigas.

O presidente da Braskem não forneceu estimativas de sinergias obtidas com aquisição. “A gente já tem uma primeira visão de sinergia, muito vinculada à logística, sinergias vinculadas à combinação dos portfólios de produção”, afirmou.

Com a aquisição, a Braskem vai adquirir 58 por cento da Solalban Energia, que fornece energia para operações da Solvay e vende o restante para a sócia argentina Albanese. “Este ativo opera para dois acionistas e não há interesse em desinvestir”, afirmou o executivo.

PRIORIDADES

A Braskem indicou que deve levar adiante os planos da Solvay Indupa de expansão da unidade de São Paulo, para aumentar sua capacidade de produção em 15 a 20 por cento.

“A gente entende que é de interesse da Braskem, interesse dos clientes da Braskem, em fazer com que esta produção cresça”, afirmou o presidente da companhia.

No entanto, antes de dar prosseguimento ao projeto, a Braskem dará prioridade à renegociação dos contratos de nafta com a Petrobras.

Para Fadigas, também é prioridade obter a aprovação do negócio pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pelo órgão regulador argentino. Segundo ele, as aquisições anteriores aprovadas pelo Cade consideraram o mercado global, e como a fatia de produção de PVC da Braskem será inferior a 2 por cento, o executivo acredita na aprovação.

As ações da Solvay Indupa fecharam a sessão em alta de quase 3 por cento, depois do anúncio do negócio. Na Bovespa, a ação da Braskem fechou em queda de 0,86 por cento, a 19,58 reais. O Ibovespa cedeu 0,38 por cento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below