Governo vai autorizar funcionamento de mais um aeroporto em SP, diz Dilma

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 15:06 BRST
 

Por Jeferson Ribeiro

BRASÍLIA, 18 Dez (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff disse nesta quarta-feira que o governo vai autorizar logo o funcionamento de um novo aeroporto em São Paulo, ampliando a participação da iniciativa privada nesse setor, após o governo ter concedido seis terminais pelo país.

"Nós vamos liberar a questão de ter três aeroportos para São Paulo. Não está claro ainda quando vai ser, vai ser rápido, mas não sei a data", disse Dilma a jornalistas durante café da manhã no Palácio do Planalto.

A ideia de ter um terceiro aeroporto em São Paulo, além de Guarulhos e Congonhas, é antiga, mas é a primeira vez que a presidente indica que o governo federal concorda com a construção de um novo terminal e diz que essa decisão será tomada em breve.

Uma fonte do governo disse à Reuters que o projeto mais adiantado e que já tem aprovação do Departamento de Controle de Espaço Aéreo (Decea) é da construção de um aeroporto em Caieiras, na grande São Paulo.

A fonte acredita que a autorização formal será concedida ainda em 2014.

Dilma também falou que o governo deve procurar um parceiro privado para dar início ao projeto da Infraero Serviços.

"Estamos muito interessados numa proposta de construir algo como a Infraero Serviços e fazer uma associação, não no sentido do patrimônio porque não é esse o interesse das empresas, no sentido de contratar um grande administrador de aeroportos para nos ajudar na gestão, para dar salto na gestão de aeroportos", explicou a presidente.

Desde o início de sua gestão, Dilma já concedeu seis aeroportos e neste ano passou para as mãos da iniciativa privada os terminais de Confins (MG) e Galeão (RJ).