Consultoria alemã Roland Berger opta por seguir independente

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013 17:29 BRST
 

FRANKFURT, 18 Dez(Reuters) - A consultoria alemã Roland Berger disse nesta quarta-feira que seus 250 sócios votaram para manter a companhia independente, abandonando conversas com potenciais compradores.

Em maio, a Reuters informou que a Roland Berger mantinha conversas com três rivais sobre uma possível venda: Deloitte , PricewaterhouseCoopers e Ernst & Young.

Burkhard Schwenker, presidente-executivo da Roland Berger Strategy Consultants, disse que durante as negociações a direção da empresa explorou opções muito promissoras, mas chegou à conclusão de que era melhor crescer organicamente.

"Não há forma melhor para apoiar nossos clientes, manter nossa identidade corporativa e atingir metas comuns que permanecendo independente", disse Schwenker.

Fundada em 1967, a Roland Berger tem mais de 2.700 funcionários em 51 escritórios distribuídos em 36 países em todo o mundo. A consultoria de estratégia é uma sociedade privada controlada por cerca de 250 sócios.

(Por Edward Taylor)