Expansão do PIB dos EUA no 3º tri é elevada para 4,1%

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013 12:10 BRST
 

WASHINGTON, 20 Dez (Reuters) - A economia dos Estados Unidos cresceu no ritmo mais rápido em quase dois anos no terceiro trimestre, enquanto os gastos empresariais foram mais fortes do que o estimado anteriormente, apontando para certa força que deve se sustentar.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu a uma taxa anual de 4,1 por cento, em vez do ritmo de 3,6 por cento divulgado anteriormente neste mês, informou nesta sexta-feira o Departamento de Comércio em sua terceira estimativa.

Esse foi o ritmo mais veloz desde o quarto trimestre de 2011 e superou as expectativas de economistas por taxa não revisada de 3,6 por cento. A economia cresceu em ritmo de 2,5 por cento no trimestre de abril até junho.

Os gastos empresariais aumentaram em taxa de 4,8 por cento, em vez de 3,5 por cento divulgado anteriormente. Isso refletiu o crescimento mais forte nos produtos de propriedade intelectual em comparação com a leitura anterior.

Também houve revisões no consumo. Os gastos do consumidor, que representam mais de dois terços da atividade econômica dos EUA, foi revisada para cima em 0,6 ponto percentual, para taxa de 2 por cento. As revisões refletiram gastos maiores com bens e serviços ante a divulgação anterior.

Os gastos do consumidor cresceram a uma taxa de 1,8 por cento no segundo trimestre.

Os gastos empresariais com equipamentos foram revisados para cima, para taxa de 0,2 por cento. Eles haviam ficado inalterados na divulgação anterior.

Isso fez a demanda doméstica subir a uma taxa de 2,3 por cento, em vez do ritmo de 1,8 por cento comunicado pelo governo no início deste mês.

O aumento de exportações também foi revisado para cima, em 0,2 ponto percentual, para taxa de 3,9 por cento.

Os gastos com construção de moradias foram reduzidos em 2,7 pontos percentuais, para 10,3 por cento no terceiro trimestre.

(Reportagem de Lucia Mutikani)