Crescimento dos EUA é revisado para cima, economia está em base mais firme

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013 14:32 BRST
 

Por Lucia Mutikani

WASHINGTON, 20 Dez (Reuters) - A economia dos Estados Unidos cresceu no ritmo mais rápido em quase dois anos no terceiro trimestre, informou o governo nesta sexta-feira ao revisar para cima as estimativas de gastos empresariais e do consumidor.

As amplas revisões indicam certa força intrínseca na economia, o que pode ajudá-la a absorver melhor o impacto de uma redução esperada no acúmulo de estoques neste trimestre.

O Federal Reserve, banco central dos EUA, concedeu à economia voto de confiança na quarta-feira ao anunciar que irá reduzir suas compras de títulos de 85 bilhões de dólares ao mês em 10 bilhões de dólares a partir de janeiro.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA cresceu a uma taxa anual de 4,1 por cento, em vez do ritmo de 3,6 por cento divulgado anteriormente neste mês, informou o Departamento de Comércio em sua terceira estimativa.

Esse foi o ritmo mais veloz desde o quarto trimestre de 2011, acelerando ante o trimestre de abril até junho, quando houve crescimento de 2,5 por cento.

Economistas esperavam que o PIB do 3º tri não fosse revisado, mantendo a expansão de 3,6 por cento.

"Esse é um relatório razoavelmente sólido", disse o economista sênior Ryan Sweet, da Moody's Analytics em West Chester, acrescentando que a mistura de fatores no relatório foi mais positiva que o esperado.

"Inicialmente, foi uma história sobre os estoques. Agora com essa mistura, é favorável para o quarto trimestre e para o início de 2014. A redução de estoques parece menos ameaçadora e será razoavelmente gradual".   Continuação...