Redução no crescimento é preocupação para alguns membros do BC do Japão--ata

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 07:27 BRST
 

TÓQUIO, 26 Dez (Reuters) - Autoridades do banco central do Japão concordam plenamente que a recuperação econômica vai continuar com a melhora do mercado de trabalho alimentando os gastos dos consumidores, mas algumas manifestaram preocupações sobre o ritmo de crescimento, segundo a ata da reunião de novembro do Banco do Japão.

Segundo a ata divulgada nesta quinta-feira, dois membros do comitê do banco manifestaram preocupação com os estoques e a queda dos salários, segundo os dados mais recentes do Produto Interno Bruto (PIB) do Japão.

"Isto pode ser indicativo de tendência de baixa no crescimento, em vez de simplesmente uma desaceleração temporária", informou um membro, referindo-se aos dados do PIB do terceiro trimestre.

Pontos de vista diferentes sobre o ritmo de crescimento podem tornar mais difícil para o banco central apresentar uma frente unida no próximo ano, quando o PIB poderá afundar no segundo trimestre, após aumento previsto no imposto sobre vendas nacionais.

Entre julho e setembro, a economia do Japão cresceu 0,3 por cento, a um ritmo mais lento do que a expansão de 0,9 por cento no trimestre anterior, com os gastos do consumidor e as exportações mais fracas.

Muitos economistas dizem que o crescimento do PIB já melhorou com as exportações.