Mizuho diz que presidente do Conselho renuncia após escândalo

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 10:49 BRST
 

TÓQUIO, 26 Dez (Reuters) - O Mizuho Financial Group disse nesta quinta-feira que o presidente de seu Conselho de Administração Takashi Tsukamoto vai deixar o cargo em março para assumir a responsabilidade por um escândalo envolvendo empréstimos para o crime organizado.

A decisão ocorre depois que reguladores determinaram que o segundo maior banco do Japão suspenda por um mês parte de suas operações de financiamento.

O presidente Yasuhiro Sato também vai abrir mão de um ano de pagamentos, período mais longo que o de seis meses anunciado anteriormente, disse Mizuho em comunicado.

(Por Taiga Uranaka)

 
O presidente do Mizuho Financial Group, Yasuhiro Sato, participa de uma coletiva de imprensa na sede do Banco do Japão em Tóquio. O Mizuho Financial Group disse nesta quinta-feira que o presidente de seu Conselho de Administração Takashi Tsukamoto vai deixar o cargo em março para assumir a responsabilidade por um escândalo envolvendo empréstimos para o crime organizado. 26/12/2013 REUTERS/Yuya Shino