Aperto da liquidez na China diminui

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 09:17 BRST
 

XANGAI, 26 Dez (Reuters) - A crise de aperto de liquidez na China amenizou nesta quinta-feira, com a taxa de juros interbancária de curto prazo alcançando a mínima em uma semana, à medida que recursos governamentais entrando no sistema de bancos comerciais aumentava a liquidez.

O Banco do Povo, banco central chinês, recusou injetar fundos em operações de mercado aberto nesta quinta-feira, após adicionar 29 bilhões de iuanes (4,78 bilhões dólares) por meio de acordos de recompra reversa na terça-feira.

No entanto , o mercado ignorou a postura passiva do BC, com os operadores dizendo que o fluxo de recursos do governo para o sistema bancário comercial aumentou.

A taxa compromissada de sete dias, considerada uma referência, alcançou 5,30 por cento no final da manhã, em um base media ponderada, menor patamar desde 17 de dezembro.

"A situação dos fundos de curto prazo melhorou muito. Mas para os empréstimos que se estendem até o Festival da Primavera, ainda estão apertados", disse um operador de um banco comercial, em Xangai, referindo-se ao Ano Novo Lunar. O festival começa em 31 de janeiro.