CENÁRIOS-Último leilão de rodovia do ano promete forte deságio

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 16:34 BRST
 

Por Roberta Vilas Boas

SÃO PAULO, 26 Dez (Reuters) - O quinto e último leilão de rodovias de 2013 promete ter forte competição, após oito grupos terem se credenciado para a licitação da sexta-feira, com Triunfo Participações e Ecorodovias entre as favoritas.

O trecho de 936,8 quilômetros da BR-040 (DF/GO/MG) atraiu interesse de empresas grandes e de médio portes, e pode ser uma das últimas chances para as que não venceram licitações recentes, já que o governo avalia se fará novas concessões ou Parceria Público-Privadas (PPPs) nos próximos trechos.

"Não me surpreende a possibilidade de deságio grande para a BR-040", disse o analista Bruno di Giacomo, do Banco Fator. "É muito possível que a BR-040 seja muito disputada. A gente não sabe como vem os próximos editais".

Nos últimos quatro leilões de rodovias federais, o deságio foi de 52 por cento na BR-163, no trecho de Mato Grosso, e no das BRs-060/153/262, 52,7 por cento na BR-163 no Mato Grosso do Sul, e de 42 por cento na BR-050.

O leilão da BR-040 que liga Brasília (DF) a Juiz de Fora (MG) deveria ter acontecido em janeiro, mas foi adiado a pedido de empresas interessadas. Após reavaliações, o governo publicou o novo edital no fim de novembro, alterando a tarifa teto de pedágio de 3,34 reais para 8,29763 reais para veículos de rodagem simples e de dois eixos.

Para Di Giacomo, a elevação da tarifa eleva a possibilidade de deságios maiores. O analista considera também que empresas que ainda não venceram disputas devem vir com maior apetite, mas que uma das favoritas é a Triunfo, que neste mês venceu a disputa pelo trecho das BRs 060/153/262.

"Acredito que a Triunfo é a favorita por conta do conjunto de sinergias. (A BR-040) é continuidade da Concer e a empresa tem sinergias por já estar presente em Minas Gerais", disse, em referência à concessionária da Triunfo que administra o trecho da BR-040 que liga a cidade do Rio de Janeiro a Juiz de Fora.

A Triunfo vai participar da disputa sozinha e já vinha dizendo desde o ano passado que obter a concessão da rodovia era uma de suas prioridades.   Continuação...