Ibovespa fecha em leve baixa, pressionado por Petrobras

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013 17:39 BRST
 

Por Roberta Vilas Boas

SÃO PAULO, 26 Dez (Reuters) - O principal índice da Bovespa encerrou o pregão desta quinta-feira em leve baixa, pressionado por Petrobras e Eletropaulo, que anularam a influência positiva de BM&FBovespa e Vale.

O Ibovespa caiu 0,26 por cento, a 51.221 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 3,89 bilhões de reais.

A sessão foi marcada por volatilidade limitada, com o índice gravitando em torno da estabilidade, em meio ao baixo volume financeiro e à fraca agenda macroeconômica após o Natal.

"(A bolsa) está sem tendência, com poucos negócios e liquidez comprometida. Não há tendência definida nem dentro dos setores", disse Luciano Rostagno, estrategista-chefe no banco Mizuho.

Enquanto as ações da Petrobras cederam, as da Vale avançaram, impedindo uma queda mais forte do Ibovespa. No setor financeiro, Itaú Unibanco e BM&FBovespa influenciaram positivamente.

Para Rostagno, o Ibovespa deve continuar sem tendência definida nas próximas sessões, com a liquidez diminuindo ainda mais na sexta-feira com a proximidade do Ano Novo.

Fora do índice, a Óleo e Gás Participações, ex-OGX, e a OSX subiram forte, após anúncio de acordo em que a empresa de construção naval teve reconhecidos valores pleiteados pela rescisão de contratos de afretamento e de operações de unidades flutuantes de produção e armazenamento, e rescisão do arrendamento da plataforma WHP 2, no valor de 1,5 bilhão de dólares.

Externamente, as praças acionárias na Europa seguiram fechadas, enquanto nos EUA, onde a agenda trouxe apenas dados de auxílio-desemprego, os principais índices de ações subiam.