Ciclone segue para áreas de minério de ferro da Austrália

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013 08:55 BRST
 

SYDNEY, 30 Dez (Reuters) - Um ciclone tropical que vem ganhando força na costa noroeste da Austrália estava, nesta segunda-feira, no caminho de atingir algumas das maiores minas de minério de ferro do mundo, depois de provocar o fechamento de importantes portos.

Os preços do minério de ferro subiram nesta segunda-feira, após o carregamento de milhões de toneladas do produto ter sido suspenso nos portos de Port Hedland, Dampier e Cape Lambert, no oeste da Austrália antes da passagem do ciclone Christine, que deve chegar à costa no final da segunda-feira ou início da terça.

O contrato de minério mais negociado na bolsa de Dalian, na China, atingiu 920 iuanes (150 dólares) na máxima da sessão, nível visto pela última vez em 17 de dezembro.

Uma declaração de força maior pela Vale para alguns carregamentos em função de chuvas no Sudeste brasileiro contribuíram para a alta nos preços.

A Austrália é o maior produtor de minério de ferro, com operações de gigantes como BHP Billiton, Rio Tinto e Fortescue Metals. A maior parte do minério de ferro australiano é comprado por siderúrgicas chinesas.

"Preparações para clima severo continuam em todas as nossas operações de mineração, em linha com os alertas emitidos pelo Departamento dos Serviços de Bombeiros e Emergências", disse uma porta-voz da BHP, segunda maior mineradora da Austrália.

(Reportagem de James Regan)