Itália diz que quer aumento de capital do Monte Paschi

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013 09:16 BRST
 

ROMA, 30 Dez (Reuters) - O governo italiano afirmou nesta segunda-feira que quer que o banco Monte dei Paschi di Siena prossiga com seu planejado aumento de capital de 3 bilhões de euros e que não tem interesse em nacionalizar o conturbado banco.

"Nós apreciamos o fato de a assembleia geral aprovar o aumento de capital no volume indicado pela administração do banco", disse um porta-voz do Tesouro italiano, confirmando comentários na imprensa do país. "Dado que o principal acionista pediu um adiamento, agora estamos trabalhando para garantir que o aumento de capital siga em frente", disse.

"O objetivo do Tesouro é ver o aumento de capital ser implementado, que o banco não seja nacionalizado e que pague os bônus Monti", disse ele, referindo-se aos empréstimos estatais especiais oferecidos sob o governo anterior do ex-primeiro-ministro Mario Monti. (Reportagem de Giuseppe Fonte)