Brent termina 2013 quase estável e nos EUA, petróleo avança 7% no ano

terça-feira, 31 de dezembro de 2013 20:06 BRST
 

Por Anna Louie Sussman

NOVA YORK, 31 Dez (Reuters) - O petróleo tipo Brent recuou nesta terça-feira e encerrou 2013 quase estável, depois de um ano em que operadores compensaram uma série de interrupções no fornecimento do Oriente Médio e da África com um aumento da produção nos Estados Unidos.

Diante da expectativa de que os embarques de petróleo de alguns portos líbios fechados sejam retomados em breve, o Brent terminou o ano 31 centavos abaixo de seu fechamento de 2012, de 111,11 dólares por barril.

O petróleo de referência internacional foi negociado neste ano num intervalo de 22 dólares, entre 96,75 dólares e 119,17 dólares, a menor diferença desde 2006.

O petróleo nos Estados Unidos terminou o ano com uma alta de 7,2 por cento, com os operadores esperando com ansiedade uma melhora na demanda em 2014, assim como o fim do estímulo monetário do Federal Reserve, o banco central-norte-americano, e grandes mudanças no maior mercado de petróleo do mundo devido a uma série de descobertas em campos de xisto.

O petróleo nos EUA operou com um intervalo de 27 dólares durante 2013, também o mais ajustado desde 2006.

Num dia de volumes reduzidos, o Brent perdeu 0,41 dólar e fechou o ano cotado a 110,80 dólares o barril, com uma baixa de 0,3 por cento no ano. Nos Estados Unidos, os futuros do petróleo caíram 0,87 dólar e fecharam a 98,42 dólares o barril, valor que se compara aos 91,82 dólares por barril no fechamento de 2012.

O diferencial entre os futuros do Brent e os norte-americanos estava em mais de 12 dólares por barril nesta terça-feira, menor do que os mais de 19 dólares registrados no fechamento do ano passado.

(Reportagem adicional de Joshua Franklin, em Londres)