Hyundai e Kia enfrentam redução do crescimento, enquanto iene ajuda rivais japoneses

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014 08:17 BRST
 

SEUL, 2 Jan (Reuters) - Hyundai Motor e Kia Motors deverão ter o seu menor crescimento anual de vendas desde 2003 em 2014, enquanto o iene fraco ajuda os rivais japoneses.

Em seu discurso de Ano Novo aos funcionários na quinta-feira, o presidente do grupo de 75 anos de idade, Chung Mong- koo, disse que as vendas da Hyundai e sua afiliada Kia vão crescer provavelmente apenas 4 por cento em 2014. A concorrência global tende a ficar mais acirrada em uma indústria voltada para a mudança de tecnologia e um futuro incerto, alertou.

A dupla coreana exporta cerca de dois terços de seus carros a partir da Coreia do Sul, uma proporção muito maior do que seus pares japoneses, tornando as coreanas mais vulneráveis ​​a flutuações cambiais. Um iene mais fraco dá a montadoras japonesas como Toyota Motor Corp, Honda Motor Co e Nissan Motor Co margem de manobra para oferecer aos clientes melhores negócios nos principais mercados de exportação como os Estados Unidos -a mesma vantagem que ajudou a Hyundai e Kia, após a crise financeira global de 2008.

"A concorrência entre as empresas está se intensificando, à medida que a economia global entra em uma era de baixo crescimento", disse Chung em seu discurso de Ano Novo tradicional para cerca de 1.000 funcionários da sede da Hyundai Seul. "A convergência tecnológica leva à mudança na indústria, e contribui para a incerteza".

(Por Hyunjoo Jin)