Vendas de carros em dezembro na França e Espanha elevam esperança de recuperação

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014 13:38 BRST
 

FRANKFURT/PARIS, 2 Jan (Reuters) - O aumento da venda de carros em dezembro na França e na Espanha levou um otimismo cauteloso para o mercado europeu de automóveis, que parece destinado a registrar o sexto declínio anual consecutivo no menor patamar em duas décadas.

Atingido pela crise financeira e recessão econômica, o mercado deve sofrer uma contração de 25 por cento, ou de 4,3 milhões de veículos, sobre níveis vistos em 2007, afirmaram analistas do serviço Moody's Investors.

Mas dados desta quinta-feira, que mostraram um aumento de 9,4 por cento nos licenciamentos na França em dezembro e um avanço de 18,2 por cento na Espanha no mesmo mês, foram recebidos pela indústria como um sinal de que o declínio teria atingido o fundo do poço.

"Nós chegamos a 2014 com um pouco mais de otimismo e com a determinação que a maioria das nossas empresas caminha para o azul, mantendo os níveis de emprego", disse Jaume Roura, diretor da associação espanhola de concessionárias, Faconauto.

O aumento nas vendas de automóveis na França em dezembro foi em grande parte calcada no salto de 38 por cento no número de registros da Renault, segundo dados fornecidos pela associação da indústria, CCFA.

Na Espanha, a Peugeot encabeçou as novas vendas, com o registro de 5.333 novos veículos em dezembro, ajudando as vendas anuais a passarem para o campo positivo no acumulado do ano.

As vendas de automóveis na Espanha subiram 3,3 por cento em 2013, ante uma queda de 13,4 por cento em 2012, divulgou a associação de fabricantes de automóveis, Anfac, nesta quinta-feira.

(Por Edward Taylor e Laurence Frost)