Ações europeias fecham em queda na primeira sessão do ano

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014 16:09 BRST
 

Por Blaise Robinson

PARIS, 2 Jan (Reuters) - As ações europeias fecharam em queda nesta quinta-feira, após dados fracos sobre a indústria chinesa e francesa levarem investidores a iniciar o ano novo embolsando uma parte dos amplos ganhos de 2013.

As ações da montadora italiana Fiat ignoraram a tendência, disparando 16 por cento com volume mais de seis vezes maior do que a média diária para o papel, após a companhia firmar acordo de 4,35 bilhões de dólares para adquirir o controle completo da montadora norte-americana Chrysler sem levantar novos recursos.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, fechou em queda de 0,82 por cento, para 1.305 pontos.

"É uma onda de realização de lucros. Voltamos à realidade após o rali de fim de ano", disse o analista Nicolas Cheron, do FXCM.

"Todos os catalisadores positivos já foram precificados quando as pessoas estavam dispostas a esquecer os fatores negativos, então os dados macroeconômicos de hoje servem como um alarme", emendou.

A cautela foi motivada por dados mostrando que o Índice Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) final da China, calculado pelo HSBC/Markit, recuou à mínima em três meses de 50,5 em dezembro, ante 50,8 em novembro. O número deu força à tese de que o crescimento na segunda maior economia do mundo desacelerou no quarto trimestre de 2013.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,46 por cento, a 6.717 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,59 por cento, para 9.400 pontos.   Continuação...