Dólar tem ajuste e cai ante real, mas avança na semana

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014 17:23 BRST
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO, 3 Jan (Reuters) - O dólar fechou em queda ante o real nesta sexta-feira, em um movimento de ajuste técnico, mas não foi capaz de anular completamente o forte avanço da véspera e terminou a primeira semana do ano em alta.

A moeda norte-americana recuou 0,73 por cento, para 2,3739 reais na venda. Na semana, a divisa acumulou alta de 1,47 por cento.

"Tivemos ontem um forte ajuste nas cotações. Depois dessa alta forte, o dólar foi corrigindo e hoje continuou esse movimento", afirmou o economista sênior do Espírito Santo Investment Bank, Flavio Serrano.

Na véspera, o dólar chegou a superar 2,40 reais no intradia pela primeira vez desde o início de setembro, perdendo depois um pouco de força. Ainda assim, a divisa norte-americana acabou o dia com alta superior a 1 por cento, no maior nível desde que o Banco Central anunciou o programa de intervenções diárias no câmbio.

O movimento foi exacerbado em ambas as sessões pelo baixo volume de negociações, típico dos primeiros dias do ano, uma vez que muitos operadores estão afastados das mesas. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 847 milhões de dólares, bem abaixo da média diária de dezembro, de 1,5 bilhão de dólares.

"A liquidez continua baixa nesse início de ano. O mercado deve começar mesmo na semana que vem", disse o operador de uma corretora internacional.

No início da tarde, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou que o governo central --composto pelo Tesouro Nacional, Previdência e Banco Central-- registrou superávit primário de cerca de 75 bilhões de reais, pouco acima da meta para 2013, de 1,5 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).

No entanto, a informação não gerou grandes movimentações no mercado, uma vez que veio em linha com as expectativas dos investidores.

"Em termos numéricos, é um bom resultado, mas em termos qualitativos, o resultado é ruim", afirmou Serrano, do Espírito Santo Investment Bank. "O número depende muito de receitas extraordinárias, então esconde um desempenho pior".

Durante a manhã, o Banco Central deu continuidade a seu programa de intervenções diárias com a venda da oferta total de 4 mil contratos de swap cambial tradicional --equivalentes a venda futura de dólares-- com vencimento em 2 de maio e volume financeiro equivalente a 199 milhões de dólares.