Crescimento da indústria de serviços da China desacelera--PMI

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014 07:42 BRST
 

PEQUIM, 6 Jan (Reuters) - O crescimento da indústria de serviços da China desacelerou em dezembro, mostraram pesquisas Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), refletindo um enfraquecimento na indústria e confirmando a visão de que a segunda maior economia do mundo perdeu força no final do ano passado.

O PMI do HSBC/Markit caiu para 50,9 em dezembro, menor nível desde agosto de 2011, ante 52,5 em novembro, informou o HSBC nesta segunda-feira. A expansão dos novos negócios foi a mais lenta em seis meses.

O PMI do HSBC segue-se a uma pesquisa similar da Agência Nacional de Estatísticas da China na sexta-feira, que mostrou desaceleração no crescimento do setor de serviços para mínima de quatro meses de 54,6, ante 56,0 no mês anterior.

Ambas as pesquisas foram divulgadas após dois outros PMIs na semana passada que mostraram que a atividade industrial da China desacelerou em dezembro, sugerindo que a moderação no crescimento do país no último trimestre de 2013 foi generalizada.

Mas todas as quatro medidas permaneceram acima da marca de 50 que separa expansão de contração.

O crescimento econômico da China deve ter alcançado 7,6 por cento em 2013, de acordo com o governo, pouco acima da meta oficial de 7,5 por cento e ligeiramente abaixo dos 7,7 por cento vistos em 2012. Os dados do PIB de 2013 devem ser divulgados em 20 de janeiro.

(Reportagem de Xiaoyi Shao e Jonathan Standing)