January 8, 2014 / 9:46 AM / 4 years ago

Preço médio de imóveis em 7 capitais sobe menos em 2013, diz FipeZap

3 Min, DE LEITURA

Vista aérea do COPAN e de parte de São Paulo. O preço médio do metro quadrado de imóveis prontos em sete capitais brasileiras subiu 12,7 por cento em 2013, abaixo do avanço de 13,7 por cento registrado no ano anterior, mostrou o índice FipeZap divulgado nesta segunda-feira. 23/01/2004Paulo Whitaker

SÃO PAULO, 6 Jan (Reuters) - O preço médio do metro quadrado de imóveis prontos em sete capitais brasileiras subiu 12,7 por cento em 2013, abaixo do avanço de 13,7 por cento registrado no ano anterior, mostrou o índice FipeZap divulgado nesta segunda-feira.

As maiores desacelerações ocorreram em São Paulo (SP) e Recife (PB). Na capital paulista, o aumento foi de 13,9 por cento no ano passado, queda de 1,9 ponto percentual ante 2012. Já Recife viu os preços médios subirem 13,4 por cento em 2013, recuo de 4,4 pontos percentuais sobre o ano anterior.

No Rio de Janeiro (RJ), o aumento ficou praticamente em linha com o registrado em 2012, a 15,2 por cento, mesma situação observada em Brasília (DF), onde os valores médios subiram 4,2 por cento em 2013, percentual abaixo do resultado esperado para a inflação anual.

Em Belo Horizonte (MG) e Salvador (BA), os valores dos imóveis subiram mais que em 2012, a 9,7 por cento e 10,7 por cento em 2013, respectivamente, mas a variação não chegou a um ponto percentual.

Fechando o grupo, Fortaleza (CE) foi a única capital a apresentar um avanço significativamente maior: os preços médios dos imóveis aumentaram 14,1 por cento em 2013, ante 11,1 por cento no ano imediatamente anterior.

A pesquisa leva em conta os valores anunciados em classificados na Internet para os imóveis nas referidas localidades.

No resultado ampliado, que leva em conta os preços reportados em 16 cidades, incluindo nomes como Curitiba (PR), Niterói (RJ) e Porto Alegre (RS), o aumento no valor médio dos imóveis foi de 13,7 por cento em 2013.

Responsável pelo estudo, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) afirmou não ser possível comparar o resultado com o número obtido em 2012, já que muitos municípios não faziam parte do levantamento naquela época.

Mais Caros

O Rio de Janeiro encerrou o ano com o metro quatrado mais caro do país. Na média, o preço chegou a 9,94 mil reais em dezembro de 2013. Brasília apareceu em seguida, com média de 8,67 mil reais, seguida por São Paulo, onde o metro quadrado médio chegou a 7,82 mil reais.

Na outra ponta, os valores mais baratos foram encontrados em Vila Velha (ES), com média de 3,82 mil reais o metro quadrado, além de São Bernardo do Campo (SP), com média de 4,3 mil reais, e Salvador (4,4 mil reais).

Na média nacional, que leva em conta as 16 cidades pesquisadas pelo FipeZap, o metro quadrado ficou em 7,3 mil reais em dezembro do ano passado.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below