Indiana SpiceJet faz pedido por 40 aviões da Boeing--fontes

terça-feira, 7 de janeiro de 2014 16:43 BRST
 

DUBAI/PARIS Jan (Reuters) - A companhia aérea indiana SpiceJet fechou a compra de cerca de 40 aeronaves 737 da Boeing, avaliadas em mais de 4 bilhões de dólares a preços de tabela, disseram fontes da indústria, num movimento que poderá ajudar a deficitária empresa de baixo custo, que busca novos investidores.

O acordo inclui uma encomenda firme para 42 aviões 737 MAX, que oferecem economia de combustível em comparação com a frota existente da SpiceJet, composta pela geração atual do 737, afirmaram as fontes.

O pedido chegaria a 4,4 bilhões a preços de tabela, desconsiderado ajuste pela inflação ou descontos.

A companhia indiana também negociou opções para duplicar a encomenda, pedindo outros 42 novos jatos dependendo de sua capacidade de crescer, acrescentaram fontes da indústria, que falaram sob condição de anonimato nesta terça-feira.

Um porta-voz da SpiceJet não quis comentar.

Na segunda-feira, a Boeing disse que companhias aéreas não identificadas tinham feito encomendas no final de 2013 para 164 dessas aeronaves, destinadas a rotas de média distância.

Fontes da indústria disseram que pelo menos parte do pedido da SpiceJet está incluído nessa última leva de compradores não identificados e, portanto, já faz parte da carteira de novos negócios da Boeing.

Um porta-voz da Boeing não quis comentar.

(Por Praveen Menon e Tim Hepher)