Confiança econômica da zona do euro atinge máxima em 29 meses em dezembro

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014 08:53 BRST
 

Por Martin Santa

BRUXELAS, 9 Jan (Reuters) - A confiança econômica da zona do euro melhorou mais que o esperado em dezembro, alcançando sua média de longo prazo pela primeira vez desde julho de 2011, visto que todos setores pareceram ficar mais confiantes acerca da recuperação econômica em andamento.

A confiança econômica dos 17 países que compartilham o euro se fortaleceu em 1,6 ponto, para 100,0, no nono mês seguido de aumento, superando as expectativas de economistas, mostraram dados da Comissão Europeia nesta quinta-feira.

Entre os cinco maiores países do bloco, a confiança avançou em dezembro 4,0 pontos na Espanha, 2,3 pontos na Itália e 1,5 ponto na Holanda.

A maior economia da zona do euro, Alemanha, e a segunda maior, França, registraram melhora da confiança em 0,3 ponto no último mês do ano passado.

A confiança do consumidor da zona do euro teve aumento de 1,8 ponto em dezembro na medida em que as famílias ficaram mais otimistas acerca das perspectivas futuras, apesar do alto desemprego, no nível recorde de 12,1 por cento.

Dados divulgados separadamente mostraram que o indicador de clima de negócios, que mostra a fase do ciclo empresarial, recuou para 0,27 em dezembro, ante leitura revisada para cima em novembro de 0,31, mas ainda superou as expectativas do mercado, de 0,22.

(Reportagem de Martin Santa)